Thursday, May 19, 2022
HomeINTERNACIONALCasal morre eletrocutado após tentar reproduzir ‘trend’ do TikTok

Casal morre eletrocutado após tentar reproduzir ‘trend’ do TikTok

Alguns desafios do TikTok são realmente perigosos
O TikTok é repleto de artistas, sejam eles nacionais ou internacionais que lançam momentos que viralizam na plataforma. Muitos deles já adquiriam um grande sucesso na rede social com diversos momentos que os usuários compartilham e brincam com suas famílias. No entanto, diversos momentos de diversão podem acabar em tragédia. Os desafios que o TikTok apresentam não são medidos os riscos e isso causa diversas ocorrências na qual muitas pessoas não sabem.
Um desafio na qual era necessário usar a eletricidade deixou um casal morto na cidade americana de Wausau, em Wisconsin após tentar reproduzir uma espécie de decoração artesanal dento de sua residência. A prática consiste em utilizar a energia em um pedaço de madeira para criar “desenhos” fractais similares a árvores, conhecido como efeito Lichtenberg.

De acordo com o xerife do condado local, o casal Tanya Rodriguez, de 44 anos, e James Carolfi, 52, morreram eletrocutados acidentalmente. Em um comunicado, a polícia afirmou que “o fogo começou na garagem antes de se espalhar para a casa”. A hipótese é que o equipamento de queima de madeira fractal que matou o casal provavelmente causou o incêndio da residência.

As chamadas “trends” do TikTok vêm sendo alvo de críticas e justificativa para alguns países e corporações agirem contra o aplicativo. Os desafios da rede social já renderam problemas em escolas e até deixaram outros usuários com ferimentos graves. Provando isso, em fevereio, uma TikToker de 15 anos se matou com tiro fatal durante filmagens de um vídeo.

O fato de ela ter escolhido gravar um clipe [dessa maneira] mostra que nossa juventude está imersa na cultura [do cartel de drogas]”, disse a promotora estadual de Sinaloa, Sara Bruna Quiñonez Estrada, à Vice. “É o que eles ouvem falar em todas as horas”. Em última análise, ela sente que a família falhou em proteger um adolescente vulnerável. “O fato de haver armas na casa, que não foram controladas, é responsabilidade dos adultos que sabiam que havia crianças na casa”, disse Quiñonez Estrada à publicação.

Leave a Reply

TOP 10

Recent Comments