Saturday, June 25, 2022
HomeINTERNACIONALKendrick Lamar rima contra a homofobia e transfobia na música “Auntie Diaries”

Kendrick Lamar rima contra a homofobia e transfobia na música “Auntie Diaries”

Em “Auntie Diaries”, Kendrick Lamar canta sobre dois membros da família que fizeram a transição.

O novo álbum de Kendrick Lamar, Mr. Morale & The Big Steppers, foi lançado oficialmente, para o deleite dos fãs de hip-hop em todos os lugares. Kendrick é um daqueles artistas em que o tempo para sempre que ele solta algo e, como você pode imaginar, os fãs estão tentando dissecar tudo o que ele está dizendo em suas novas faixas.

Uma música que chamou muita atenção é a faixa “Auntie Diaries”. Nesta música, Kendrick rima sobre um tio que fez a transição para homem. Ele também canta sobre sua prima que se transformou em mulher e como ele teve que lidar com essas mudanças. Kendrick fala sobre homofobia e transfobia nas comunidades cristã e do rap, e como ele precisava crescer como pessoa para aceitar seus familiares.

Ao falar sobre seu primo, Kendrick diz: “Quero dizer, ele é realmente Mary-Ann, até levou a coisa adiante. Mudou de gênero antes que Bruce Jenner tivesse certeza. Vivendo sua verdade, mesmo que isso significasse consultar um cirurgião”. A partir daí, Kendrick muda esses pensamentos dizendo: “No dia em que escolhi a humanidade sobre a religião, a família se aproximou, tudo foi perdoado.”

Até agora, Kendrick recebeu alguns elogios por sua música pró-LGBTQIA+. No entanto, ele está recebendo muitas críticas de alguns defensores que afirmam que seu uso gratuito da palavra ‘viad*’ e o uso do pronome errado em alguns momentos não estão trazendo nada de positivo para a mensagem da música. Outro ponto citado é o uso dos nomes antigos de seus parentes.

Apesar dessas críticas, a maioria dos fãs acredita que este é um grande passo para o hip-hop, já que o maior artista do jogo está saindo em apoio à identidade trans e a comunidade LGBTQIA+ em geral.

 

Leave a Reply

TOP 10

Recent Comments