Friday, October 7, 2022
HomeDICASO que não colocar em um currículo

O que não colocar em um currículo

A elaboração de um currículo é uma etapa fundamental e muito importante para a vida profissional de qualquer pessoa, por isso, é muito importante que o currículo seja desenvolvido da melhor maneira possível.

Muitas pessoas perdem oportunidades por colocarem pouco conteúdo ou informação no currículo, por outro lado, existem pessoas que colocam informações em excesso e acabam se prejudicando da mesma maneira.

Trouxemos algumas dicas muito importantes sobre o que você não deve colocar no seu currículo, e ter uma chance maior dele ser escolhido. Confira:

Mentiras

Por mais óbvio que pareça, você não deve colocar em hipótese alguma mentiras no seu currículo, seja sobre informações pessoais, formação acadêmica, dados complementares, etc.

No entanto, é muito comum que as pessoas mintam na elaboração, e em diversas ocasiões são descobertas, seja na hora da avaliação pelo recrutador, ou posteriormente pela empresa.

Preze primeiramente pela sua reputação, e logicamente, pela oportunidade também, que pode ser desperdiçada de maneira tão vaga.

Informações irrelevantes e excessivas

É comum que na hora de elaborar o currículo, as pessoas pensem primeiramente em colocar o máximo de informações possíveis. Isso é importante, mas atente-se em saber se essas informações são realmente relevantes.

Não faça o famoso “encher lingüiça”, seja objetivo e direto ao ponto em cada informação que for inserir em seu currículo. Seja nas informações pessoais, profissionais, acadêmicas, ou complementares, seja o mais específico possível.

Endereço residencial

Algumas pessoas costumam colocar o endereço por acharem que é uma informação importante, mas na verdade é ao contrário, não interessa em nada para a empresa saber o seu endereço residencial.

Você deve se lembrar de que o currículo é seu, mas será apresentado para uma empresa, ou seja, coloque informações que sejam pertinentes e de interesse para a empresa.

Pretensão salarial

O valor salarial é pessoal, diz respeito apenas à você e o responsável da empresa pelo pagamento, ou seja, não interessa para a pessoa que fará a seleção ao ler o seu currículo quanto você deseja ganhar, uma vez em que ela se quer o (a) conhece.

Quando você coloca a pretensão salarial o recrutador pode entender que você não trabalha por gosto, mas sim apenas pelo dinheiro. Deixe as discussões salariais para o momento da entrevista.

Informações pessoais

Foto

Mais um ponto que gera muitas dúvidas, a utilização ou não de fotos no currículo. Não devemos colocar. As informações escritas referentes a você são mais importantes.

Vale lembrar que uma foto é também uma forma de identificação, e caso a empresa se interesse pelo seu currículo e perfil, a empresa fará uma entrevista pessoal, ou seja, irá conhecer você, logo não há a necessidade de se colocar um foto.

As únicas ocasiões em que você deve colocar foto no currículo, é quando for solicitada em determinadas atividades (atores e modelos, por exemplo), ou quando o currículo for enviado internacionalmente, que é uma exigência.

Título

Era comum que as pessoas colocassem “Curriculum Vitae”, ou até mesmo “Currículo de X (nome da pessoa)”, no entanto hoje em dia isso não é mais necessário.

Atualmente, o cabeçalho é preenchido apenas com as informações pessoais, e o arquivo de envio já consta o nome da pessoa, o que facilita, e retira a necessidade do título.

Assinatura

A assinatura do currículo não é errada, e não é alo ruim, no entanto, também não há nenhuma necessidade, uma vez em que as assinaturas são para certificar o documento, e não há nenhum motivo para tal.

Caso opte por colocar, dê preferência para a assinatura escrita a mão, a digital é ainda mais irrelevante, apesar de ser bastante utilizada também.

Leave a Reply

TOP 10